A importância de controle financeiro

controle financeiroMuitas novas empresas usualmente não sobrevivem aos primeiros anos pela falta de um gerenciamento financeiro adequado. Controlar as finanças é saber como, quando, onde e quanto dinheiro foi ganho e gasto com você ou sua empresa e também prever receitas e despesas. É por este e outros motivos que elas investem em softwares ou empresas de controle financeiro. Investir em um sistema que organize e ofereça informações básicas reduz estes casos. Quando você possui um controle financeiro pessoal é possível saber em que área você está gastando mais dinheiro ou qual área você não está investindo corretamente.

  • Controle financeiro Empresarial

No caso das Finanças Empresariais, possuir um Controle Financeiro Empresarial ajuda a  entender as entradas e saídas de capital, receitas e dividendos. Além de poder controlar seus custos com salários e demais tarefas pertinentes da área financeira de uma empresa. O Controle Financeiro pode ser segmentado por ferramentas como a planilha Financeiro, o Gerenciador Financeiro, um Programa Financeiro pago ou gratuito, mas a principal tarefa é realizar essa tarefa com organização para obter os resultados citados acima.

Estes softwares geralmente vêm com um quadro de recursos que podem ser utilizados para melhor visualizar o fluxo de caixa de uma empresa, como por exemplo:

  • Diversos bancos de dados.
  • Relatórios por período de competência ou de realização
  • Funcionamento em rede com múltiplos usuários simultâneos
  • Fluxo de caixa analítico e sintético
  • Contas a pagar e a receber
  • Contas a pagar e a receber por cliente/fornecedor
  • Movimentações agrupadas por receitas/despesas
  • Movimentações por receitas/despesas com subtotais por centro de custo/lucro
  • Resumos de movimentações por receitas/despesas
  • Movimentações agrupadas por cliente/fornecedor
  • Movimentações agrupadas por centros de custo/lucro
  • Movimentações por centros de custo/lucro com subtotais por receitas/despesas
  • Resumos de movimentações por centros de custo/lucro
  • Balanços de contas de capital
  • Balanços de receitas/despesas
  • Balanços de clientes/fornecedores
  • Balanços de centros de custo/lucro
  • Extratos de contas de capital
  • Extratos de receitas/despesas
  • Extratos de centros de custo/lucro
  • Extratos de clientes/fornecedores
  • Gráficos de contas a pagar e a receber, fluxo de caixa, balanços;
  • Exportação de relatórios para o Excel;
  • Exportação do banco de dados;
  • Histórico das operações mostrando quem fez, o quê e quando
  • Avisos de saldo negativo ao fazer lançamento
  • Cadastro de contas de capital
  • Cadastro de receitas/despesas com opção para históricos padrões
  • Cadastro de clientes e fornecedores, sejam pessoas físicas ou jurídicas
  •  Cadastro de centros de custo

Estes softwares são normalmente fáceis e práticos de usar, relatórios e gráficos vêm com as informações claras.

Crie uma maneira prática de organizar as finanças, pesquisando e conhecendo mais a respeito destes softwares e qual se encaixa melhor com sua necessidade, seja empresarial ou pessoal.


Deixe um comentário