Abertura de empresas em São Paulo está mais rápido e menos burocrático

Através do programa Empreenda Fácil, os empresários paulistanos poderão fazer a abertura de empresas em São Paulo com prazo reduzido, onde até uma semana é possível estar com todos os trâmites prontos e com a empresa aberta. A burocracia exigida no Brasil faz com que o processo de abertura e encerramento de empresa leve mais de três meses para ficar pronto. No total, são 100 dias para ter toda a documentação obrigatória da empresa registrada e assinada em todos os órgãos competentes.

O programa, porém, veio para reduzir esse período para uma semana, agilizando assim a abertura de empresas e evitando o excesso de burocracia que este tipo de serviço exigia. O programa Empreenda Fácil surgiu com o objetivo de facilitar a criação de novos empreendimentos na cidade de São Paulo, utilizando a internet para reduzir os prazos para preenchimentos de cadastros, envio de documentação e as liberações que são necessárias. Com estas facilidades, o empresário e seu contador não precisarão se deslocar entre os órgãos para levantar e apresentar as documentações, podendo apenas realizar a atividade pela internet.

Programa é para empreendimentos de baixo risco

É preciso declarar, porém, que a facilidade na abertura de empresas através do Empreenda Fácil é exclusiva para empreendimentos de baixo riscos, ou seja, aqueles negócios que serão alocados em edificações com até 1.500 m² em uma área de até 500 m². Não importa o porte da edificação e nem a área de atuação da empresa, desde que ela seja enquadrada dentro dos empreendimentos de baixo riscos. Na capital paulista, cerca de 250 empresas são abertas todos os dias, dessas 80% são executadas por empresas de baixo risco e serão beneficiadas com este programa que desde abril de 2017 está disponível.

A importância de contadores para abertura de empresas

Mesmo reduzindo as burocracias, um profissional de contabilidade deve ser contratado para a abertura de empresas, pois ele tem os conhecimentos necessários para realizar todos os trâmites necessários. Mesmo sendo uma ação da Prefeitura de São Paulo, o programa envolve o Governo Federal e Estadual pois todos esses setores são acionados para a criação de uma empresa. O programa Empreenda Fácil não descarta a presença desse profissional, até porque o contador tem outros serviços para desenvolver para sua empresa, sendo uma contratação obrigatória, segundo a lei brasileira, para todos os portes de empresas, a única exceção é para os microempreendedores individuais (MEI).

Rate this post



Deixe um comentário