Método De Estudo Para Preguiçosos

Introdução

 

Destinado aos que desejam ampliar horizontes através dos estudos, mas que são acometidos de limitantes como preguiça, desânimo, falta de foco, dificuldades para ler e interpretar, não gostam de ler e estudar, não conseguem memorizar o que estudam e outros bloqueios.
Não é autoajuda ou material motivacional, pelo contrário, as sugestões neste relatadas são de vivência e pesquisa do autor. Nas quais o leitor aprenderá a melhorar sua performance sem que tenha que se livrar das dificuldades acima citadas.

Não vale a pena se desgastar lutando pra mudar

Se voce já tentou inúmeras vezes superar o que te impede de se tornar um exímio estudante e não teve êxito, tenho a solução para você. Desista!

Aceite suas limitações, aprenda conviver e mesmo assim conseguir estudar proveitosamente, sem ter que imitar o modelo da normalidade.

A teoria da compensa

Tudo tende a um equilíbrio natural, por tanto para cadas limitantes que você tiver saiba que existe um oposto que compensa o mesmo.

No tópico abaixo irei usar como exêmplo a preguiça.

Usando a preguiça para estudar

O oposto da preguiça é o ânimo, logo se você tem preguiça de ler por exemplo, com certeza terá ânimo para outras vertentes nos estudos.

A principal vertente oposta para a preguiça de ler é claramente a curiosidade, logo se tem algum assunto que lhe desperta curiosidade nos estudos, explore ele, ao invés de “quebrar a cabeça” tentando desbancar a preguiça, mas evite leituras longas de 1000 páginas; substituíndo por leituras rápidas sobre o conteúdo de interesse, no seu ritmo, usando o oposto motivacional da curiosidade pelo assunto.

Procure materiais de curta leitura, em fontes inicialmente de fácil acesso, internet, vídeos, livros curtos sobre o conteúdo de interesse da sua curiosidade.

Essa é a idéia de estudo dirigido de cascata, descomprometido com autocobrança, e que aos poucos irá agregar ao montante do conteúdo desejado.

Já que quem tem preguiça de ler uma obra completa(ex: um livro grande) do assunto que te atrai, por ser longo e ter linguagem complexa, procure estabelecer estudos curtos do tema que te atraí, evitando assim que sua mente se canse e você desista.

Estudo do macro para o micro

Macro(geral não específico e superficial)

Micro(específico aprofundado com maior teor teórico)

Para ficar mais fácil de entender – porque até eu estou achando difícil essa explicação – vou simular um tema de interesse aleátorio.

Suponha que você tenha curiosidade sobre o tema alimentação (fins nutricionais, benefícios, excessos e etc.)

O macro: parte do básico sobre o tema, você pode procurar vídeos curtos, sites educativos com sínteses de linguagem fácil em fontes do gênero.

Assista um vídeo, veja posts de redes sociais, leia uma explicação breve e generalista sobre o assunto, se deixe levar até que a preguiça assuma. Otimo, dessa maneira seu cérebro não vai associar essa aventura curiosa à fatídica idéia de estudo.

A teoria da cascata do conhecimento

Após absorver conhecemos simples sobre o assunto que deseja estudar, vá aumentando gradativamente a cascata do conhecimento, buscando cada vez temas que estejam relacionados e expliquem de forma mais detalhada o que você já viu de antemão na forma simplificada, isso de acordo com a sua vontade, ânimo, e sem forçar estudos longos, mas parciais e cada vez mais complementares.

Como atempo as descobertas do macro vão lhe despertar interesse de procurar saber mais afundo do tema(micro), tudo isso em uma escala temporal, não tudo no mesmo dia.

De pouco a pouco o conteúdo complexo(lembrando que complexo é diferente de difícil, complexo quer dizer detalhado) vai se agregando a cada vez que você vai descendo a cascata de profundidade do assunto, e ainda de forma descomprometida.

Meios de reter o conhecimento

Antes de iniciar o estudo no modo cascata, separe um caderno ou bloco de anotações para que você possa registrar o aprendizado, sem copiar, mais com suas palavras, é certo que em certas ocasiões durante o aprofundamento da cascata, você precisará anotar definições e termos inerentes ao conteúdo, mas a importância da anotação é que você estará criando o seu próprio roteiro de estudo, o qual você poderá rever de forma cronológica tudo que estudou descomprometidamente ao longo do tempo e do seu interesse – permitido pela preguiça – e não se perderá na cronologia do estudo do conteúdo.

Considerações finais

Agradeço pela leitura do conteúdo, tentei estabelecer de forma mais impirica(conhecimento não científico porém de prática) possível, para uma fácil

Compreensão de todos os tipos de leitores.

Por favor se tiverem dúvidas me contatar que posso explicar melhor aos interessados e também elucidar quaisquer dúvidas quanto assuntos relacionados ao mecanismo de ensino e aprendizagem e melhoria de performance para quem quer começar uma vida de estudos, quer seja para concursos, processos seletivos em empresas ou em faculdades.

Sem fins lucrativos. Educação tem que ser gratuita.

 




Deixe um comentário