Sistema de exaustão industrial

O Sistema de exaustão industrial pode ser composto por exaustor centrifugo, captores, mangueiras, coifas para o início da linha de sucção, caixa de filtros e chaminé. O projeto será definido após esclarecimento da realidade da empresa, produção, especificação do particulado e posição que o sistema de exaustão industrial ficará instalado.

A Aspiramaq e New Japan fabricantes de sistema de exaustão industrial há mais de 51 anos: www.aspiramaq.com.br e www.newjapan.com.br

Pioneira no sistema de exaustão, a New Japan iniciou a produção focada em coletores de pó para a indústria moveleira com polo industrial na região do ABC em São Paulo, acompanhando a dinâmica do mercado e ascensão de outros segmentos como químico, automobilístico, metalúrgico, têxtil, agro, alimentício, plástico a New Japan/Aspiramaq desenvolveram uma ampla variedade de equipamentos para atender a especificações de cada cliente. Em uma análise superficial e equivocada pode parecer que o coletor de pó, de mesmo modelo possui aplicação genérica. No entanto, uma gama de fatores influenciam o sucesso e assertividade do dimensionamento correto do sistema de exaustão:

O sistema de exaustão é fabricado em chapa de aço carbono, com solda reforçada que resulta em um sistema de exaustão de alta durabilidade e baixa manutenção.

O exaustor é centrífugo, com instalação do motor diretor, com a opção de 2 polos ou 4 polos. A Caixa de filtros também construída com tubos de aço carbono e soldada, com elementos filtrantes em tecido técnico ou não tecido, 100% poliéster ou de composição diversa. Partindo de gramatura de 210 g/m2 até 600 g/m2. Adicionalmente há filtros HEPA, filtro de carvão ativado, filtro cartucho, filtro úmido, placa e outros.

Consulte a New Japan/Aspiramaq para sistema de exaustão seminovos, revisados e com garantia. Locação de coletor de pó, aspirador industrial, exaustor, filtro de manga e sugador de grãos. Assistência técnica permanente com peças originais garantindo a qualidade, eficiência e baixa manutenção do sistema de exaustão.




Deixe um comentário